terça-feira, 23 de setembro de 2008

Á procura da terra do nunca!

Felicidade!
Quando tudo falha sei que o teatro/a vida estão lá.
Nunca sei se estou a ir ou a vir... sempre á procura.
Sempre á procura da terra do nunca.
Sempre á procura de algo ou alguém, de uma reconciliação .
Sempre á procura... da Terra do Nunca!

1 comentário:

LiLu disse...

Ah, reconciliar-me com a minha terra do nunca, com a minha pequenice já grande... obrigada, acho que ontem consegui, tréguas ao teatro.